"Não foi o resultado que pretendiamos"

Treinador enaltece que as circunstâncias, referentes ao regresso à competição, não são as ideiais.



No rescaldo do empate deste Sábado diante a equipa do Rangel, o treinador da equipa de futsal da Associação Desportiva do Carregado, Alberto Pimpão, considera justo o empate por 3-3 reconhecendo que o que se passou em campo justifica o resultado.


“ Penso que o empate se ajusta ao que se passou dentro do campo.
As circunstâncias em que voltamos a competir não são as ideais. Tivemos 3 meses parados e voltamos a jogar com apenas duas semanas de treino. Ainda por cima temos que fazer 7 jogos durante o mês de Maio em tudo se vai resolver. E estamos a falar de jogadores que trabalham durante o dia e vêm treinar à noite. Faço este reparo a quem organiza e toma decisões. Tenho a certeza que esta não é a melhor maneira de defender o futsal em Portugal.
Temos que manter o nosso foco, mas percebendo que as coisas estão diferentes, quem se adaptar melhor à nova realidade vai estar melhor na disputa do resultado. A nossa equipa tem que perceber isso no imediato, se não colocamos em risco tudo o que fizemos antes desta paragem competitiva."

Apesar deste empate a equipa mantém-se no primeiro lugar da tabela classificativa com 20 pontos, mais 1 ponto que o segundo classificado.

No próximo dia 5 de Maio, quarta-feira, a ADC visita a equipa do JOMA, a contar para a décima primeira jornada do campeonato de futsal.

#FutsalADC